sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

ATENDIMENTO PARA HOMENS

Homens - na sua maioria - não gostam muito de papo e de ficar escutando comentários sobre sua aparência em loja de moda masculina cheia de outros homens. (homens são estranhos, a gente admite isso). Homens gostam de olhar - sozinhos - e, quando a gente quer saber alguma coisa, a gente pergunta. Nesse momento, gostamos de respostas objetivas, sem embromação e sem falsos elogios. Também não gostamos de dizer o nome e nem a profissão só para o vendedor iniciar um papo sem fim. Homens ainda detestam elogios do tipo: "Essa calça ficou linda em ti!" Ou aquelas abordagens do tipo: "E aí, campeão? Ficou matador?" Pior ainda quando ele grita isso pra toda loja ouvir e tu ainda nem desabotoou a tua própria camisa!Vamos deixar isso bem claro: os do tipo machistas não gostam de receber elogios de um vendedor do mesmo sexo e os outros todos - não machistas - não estão interessados em saber a opinião do vendedor. Somos diferentes mesmo. Gostamos de olhar sozinhos, escolher sozinhos, olhar a etiqueta de preço sozinhos, obter respostas objetivas sobre condição, cartões, pagar e ir embora - rápido! Parece estranho? Sim, parece, mas mais estranho ainda é não respeitar as diferenças entre sexos na hora de treinar vendedores.Homens e mulheres compram de forma absolutamente diversa, mas infelizmente os manuais treinam todo mundo da mesma forma. E tem um monte de homens que gastaria muito mais se a abordagem fosse completamente diferente. Tá na hora do varejo de moda masculina perceber isso e rever seus conceitos.

Nenhum comentário: