sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

COEXISTÊNCIA, BIESTABILIDADE E A SOBREVIVÊNCIA DA SUA MARCA

No livro As leis do Poder, de Richard Koch, o autor relata as experiências do cientista soviético G.F.Gause com protozoários para mostrar a força da diferenciação para sobrevivência. Ele colocou dois protozoários da mesma família, mas de espécies diferentes num jarro de vidro com uma quantidade limitada de alimento. Os protozoários conseguiram cooperar, dividir a comida e ambas espécies sobreviveram. Repetiu a experiência nas mesmas condições, só que agora com protozoários da mesma família e da mesma espécie. Nesta segunda experiência eles lutaram até a morte pelo alimento.A primeira conclusão da experiência já era antecipada por Darwin, no capítulo III da Origem das Espécies: "a luta [pela existência] será, quase invariavelmente, mais severa entre indivíduos da mesma espécie, pois eles freqüentam os mesmos lugares, exigem os mesmos alimentos e estão expostos aos mesmos perigos (...) Como as espécies do mesmo gênero em geral têm (...) alguma semelhança nos hábitos e na constituição, e sempre na estrutura, a luta será em geral mais severa entre espécies do mesmo gênero, quando entram em competição umas com as outras, do que entre espécies de gêneros distintos (...) Podemos ver vagamente por que a competição deve ser mais severa entre formas aliadas, as quais ocupam quase o mesmo lugar na economia da natureza."Partindo desse raciocínio, você deve refletir sobre a competição no seu mercado ou na sua profissão. Se for igual aos seus concorrentes vocês possuem a mesma promessa de valor e lutam da mesma forma, pelo mesmo alimento no mercado (clientes). Ou seja, são da mesma família e da mesma espécie. Esse é o oceano sangrento da competição. Todo mundo igual lutando pelo mesmo alimento, limitado.Lembre sempre que para sobreviver você pode até ser da mesma família do seu concorrente, mas jamais da mesma espécie. Diferenciação é chave para sua sobrevivência. Pense nisso.

Nenhum comentário: