sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

QUANDO VOCÊ COMEÇA A CONSTRUIR A SUA MARCA PESSOAL?

Eu sempre dizia para os meus alunos na universidade que a marca de cada um começa a ser construída muito antes de eles entrarem no mercado de trabalho. E, mais, muitas dessas marcas pessoais já estariam praticamente posicionadas quando fossem tentar entrar no mercado de trabalho. Por quê?Porque se você parar para pensar, boa parte das nossas relações e contatos profissionais foram construídos a partir das nossas relações na universidade. Colegas de aula que viraram gerentes de marketing, colegas que viraram grandes diretores de corporações, profissionais respeitados, consultores, advogados, etc... Muitos desses colegas de aula passaram a ser o mercado, formadores de opinião e parte das nossas relações. Muitos são a estrutura da nossa rede profissional.A percepção que muitos tem de nós vem lá do tempo da sala de aula. Do que éramos e do que fazíamos como colegas. Da impressão que construímos na mente dessas pessoas. Acreditem, anos depois no mercado de trabalho, isso faz uma diferença incrível. Ou você não se lembra daquele colega "mala", o mais xarope da sala, e que hoje tenta desesperadamente agendar uma reunião com você? Você só ouve o nome dele e já sabe que será tempo perdido numa reunião chata e que ele não largará mais o seu pé, telefonando.Mas será que ele não amadureceu e mudou? Será que ele não se tornou um grande e respeitado profissional? Será que ele não tem um produto fantástico que é o que você precisa? A maioria de nós dirá que não. A maioria de nós vai fazer de tudo para não atender o velho amigo mala. Adiará o mais que puder a reunião e tentará de todas as formas se livrar desse contato na sua rede de relações. Terrível? Cruel?Esse é o poder da percepção da nossa marca pessoal que criamos nos outros e que muitas vezes vem desde lá, da universidade, do pós-graduação, da nossa rede de contatos formada tempos atrás, antes da entrada no mercado. Se você ainda não entrou no mercado ainda dá tempo de começar a pensar nisso. Se você já está no mercado, mais atenção ainda.

Nenhum comentário: